5 Super Heróis Que Te ensinam A Ser Um Bom Empreendedor [O 3 é Meu Preferido]

Como já deve ter percebido, adoro analogias, principalmente quando elas têm a ver com filmes, séries e outros formatos. Acredito que dessa forma conseguimos absorver bem a essência da coisa, e, num tom mais informal, ter a chance de crescer na vida e nos negócios.

Hoje trago boas referências do universo da ficção para lhe inspirarem a ser um empreendedor. São 5 super heróis do Universo Marvel/DC para você usar como referencia para seus negócios digitais. Continue a leitura e desperte seu herói interior. Divirta-se!

Como Ser Um Bom Empreendedor Na vida Real

#1. Superman

Criado por pais adotivos, o príncipe de Kripta nos mostra que às vezes precisamos controlar nossa capacidade, pois pessoas ao nosso redor nem sempre estão preparadas para conhecer toda nossa força. O homem de aço foi bem educado na vida aqui na terra, desenvolvendo um caráter incrível, fato comprovado em sua escolha de salvar o mundo.

Sua história nos ensina que mesmo sendo fantásticos, talentosos, temos nossas fraquezas, como a dele pela kriptonita. Clark Kent é um ótimo jornalista, ou seja, o cara faz o melhor na pele dos dois: o repórter pacato e o herói do planeta. Excelência sempre, profissional completo. Assim deve ser você em sua carreira e empreendedor digital.

#2. Batman

Bruce Wayne é um exemplo de superação. Mesmo perdendo os pais quando criança, o milionário cresceu com grandes objetivos e conseguiu atingir suas metas com a ajuda de seu mentor, Alfred. Um herói sem poderes especiais que usa sua inteligência com maestria. O homem morcego atesta que é possível utilizar o dinheiro para o bem.

Mesmo com seu lado dark, se mostra um grande homem, falho, mas incrível. Ele aprende a voar, mesmo nascendo sem asas, procura sempre por justiça, mesmo da sua maneira e gosta de estudar e aprender coisas novas. Bom empreendedor, profissional de personalidade, que toca os negócios deixados pelo pai e ainda arranja tempo para combater o mal.

#3. Homem de Ferro

Um dos mais divertidos e amáveis personagens das HQ’s e dos cinemas. John Stark é o tipo de herói rebelde, que pensa fora da caixa. Está sempre focado em resultados, mesmo que os meios para atingi-los não sejam muito ortodoxos. Com ele, aprendemos que mesmo sendo inteligentes e talentosos, podemos ser péssimos gestores e fracassar em algumas áreas (ai dele se não fosse sua secretária).

Outra lição é a criação de sua armadura, o que fazemos com certa frequência para não mostrar nosso lado humano e falho. John Stark é um empreendedor moderno, que não segue regras, mas que consegue executar os trampos da vida. Fanático por tecnologia, seu computador inteligente, Jarvis, contribui bastante para seu empreendimento.

#4. Homem Aranha

O jovem Peter comprova que podemos chegar a lugares altos, mesmo que isso seja o resultado de mutações que a vida nos impõe. Muitas vezes temos que adaptar nossas teias para nos agarrar em certas plataformas, e mesmo assim, ter que mudar a todo tempo, ou seja, adaptar-se constantemente.

O que mais fascina neste personagem é sua capacidade de auto diálogos e insights internos. O cara está sempre tentando se resolver como pessoa. Supera-se com a falta dos pais e a perda do amado tio Ben. Parker é um empreendedor com espírito Nerd, um ótimo fotógrafo que mostra que mesmo sendo heróis amados, temos que ser resilientes e pacientes diante das crises do chefe.

#5. Hulk

David Banner é um cientista que acaba se transformando em um monstro a partir de uma experiência. Isso é mais comum do que se pensa, pois na vida, muitas experiências podem dar erradas e acabar nos fazendo virar uma aberração. Quantas vezes o monstro dentro de nós escapa fazendo estragos? Banner ensina que temos que estar em constante vigia, controlando o ser gigante dentro de nós.

Na vida pessoal e profissional, temos que ter muito domínio para que o monstro escondido não estrague tudo. No dia a dia ficamos verdes com facilidade. Mas existe um ditado que diz: “melhor ficar verde por alguns instantes, do que vermelho a vida toda”. Ou seja, irritação faz parte, mas cabe a nós segurar a potência monstruosa para não nos arrependermos em longo prazo.

Essa é uma alegoria simples, mas que pode ser muito valiosa para o empreendedorismo. A gente só precisa estar ciente de que a realidade é muito diferente da ficção. Ser um super herói nem sempre será possível, mas que possamos aprender mais com esses personagens inesquecíveis.

Espero que tenham gostado e se divertido. Deixe seu comentário abaixo, para concluirmos o roteiro dessa trama. Que tal revelar quem é seu personagem preferido? Quem mais te inspira para ser um bom empreendedor?

Comentários

comentários

  • Livio

    Excelente artigo, João Paulo. Divertido e educativo.
    Pessoalmente, admiro muito a capacidade de resiliência do Wolverine. Ele não é invulnerável: pode ser ferido como todo mundo, sente dor e sangra. Mas devido a seu fator de cura, sempre volta a seu estado natural.
    Em nossa jornada não estaremos imunes às derrotas e frustrações, ou ao cansaço e tentação pelo caminho mais fácil: desistir. Mas se formos resilientes, e desenvolvermos nosso “fator de cura” emocional, mesmo diante das derrotas estaremos sempre prontos para seguirmos em frente, com toda a nossa garra (mesmo que a garra não seja de adamantium).
    Abraços e sucesso.