7 Grandes Lições do Lobo de Wall Street para o Empreendedorismo Digital!

Esse mês vem ao Brasil para uma série de palestras o empreendedor norte-americano Jordan Belford. Conhecido mundialmente como Lobo de Wall Street, ele tem uma biografia um tanto fascinante, apesar de tanta controvérsia.

A trajetória de Belfort já foi retratada em livro, escrito por ele mesmo, e um filme, de Martim Scosese, que tem feito história no universo corporativo. O filme já assisti umas 3 vezes, e quando puder, assistirei novamente.

Bem, se você conhece o roteiro e está preocupado com o que vou dizer aqui, fique tranquilo, pois não irei ensinar nenhuma pilantragem. Sabemos que Belfort foi um picareta e construiu seu império de forma desonesta. Não ressaltarei seus defeitos.

Meu objetivo com este artigo é mostrar para você a parte boa, o que pude aprender com a história e gostaria de ensinar a você. Espero mais uma vez contribuir para seu crescimento como empreendedor digital. Confira as lições!

Lições Matadoras para o Empreendedorismo Digital

#1. Motivação

Não sabemos como era isso exatamente na prática, mas no filme o diretor dá grande destaque aos discursos de Belfort aos seus colaboradores. O personagem sabe como se manter motivado e também motivar sua equipe. Vemos a galera reunida para comemorar sempre que alguma vitória acontece.

A inspiração corre solta na obra, e isso é muito bom para quem trabalha com empreendedorismo digital. Acreditar que é capaz de chegar ao topo e trabalhar com motivação vívida para alcançar o resultado é uma boa lição a ser tirada da narrativa.

#2. Seguir os valores da organização

Apesar das coisas ruins que serviam como pilares para o sucesso da empresa, uma coisa é certa: todos se dispunham a seguir os valores gerais da empresa e usavam isso para ganhar dinheiro. A equipe era coesa, com foco na missão da corretora.

Abro margem para aconselhar: tenha valores justos e honestos e não engane as pessoas. Fazendo isso você venderá muito e não acabará na cadeia como Belfort. Importante perguntar também: como estão seus valores? Aproveite essa leitura para uma autoanálise.

#3. Lealdade e fidelidade

A produção mostra que havia laços fortes de amizade e camaradagem na corretora. Todos que estavam mais próximos a ao Lobo eram “fechamento” dele, estando dispostos a tudo para manterem a parceria. E isso se estendia para fora do ambiente do trabalho.

A fidelidade entre os colaboradores se mostra presente em grande parte da obra e o personagem vivido por Leonardo DiCaprio sabe tirar vantagem disso para extrair cada vez mais dinheiro e poder. Se você levar essa garra para seu contexto, poderá atingir níveis elevados de sucesso.

#4. Foco

Pude enxergar outra grande qualidade no Belford: o foco. Além de extrema determinação. Como sempre ouvimos, a capacidade de manter-se perseverante e focado são características dos empreendedores de sucesso.

Mas ressalto que isso deve ser utilizado com limites, ou seja, sem se tornar escravo do trabalho. No filme, o personagem levava tudo ao extremo, o que trouxe graves consequências.  Mas se você absorver o que é bom e aplicar em seu negócio estará a caminho do êxito.

#5. Noção clara de remuneração

Você sabe exatamente como seu negócio está rendendo no que diz respeito à remuneração? Belfort contou com um mentor, Mark Hanna para aprender como funcionavam os ganhos como corretor, embora tenha voltado isso para o materialismo extremo. Devemos ter noção clara de como somos remunerados pelo nosso trabalho. Isso nos ajuda a realizá-lo melhor, mais rápido e com mais eficiência.

Se você presta serviços na internet, é infoprodutor ou até mesmo afiliado, pode aprender com os corretores do filme. Quanto maiores e mais frequentes forem suas vendas, maiores e mais frequentes serão também suas comissões. Parece óbvio, mas corremos o risco de perder esse feeling no processo de empreender.

#6. Domine os melhores argumentos de vendas

Essa é uma grande sacada! A história do Lobo de Wall Street destaca como o protagonista obtinha comissões altíssimas, algumas de até 3.000 dólares, com apenas um telefonema. O fato é que ele dominava um bom repertório de argumentos, fazia isso como ninguém.

A lição que podemos tirar isso é: para vender suas ideias, serviços ou produtos, é preciso estar sempre com discurso de vendas prontos. Trazendo para nosso universo, devemos saber como usar as melhores estratégias e técnicas nos lançamentos e conteúdos. Posso dizer para você: Lance a melhor mensagem de copywriting, aplicando a persuasão para convencer seus leads.

#7. Tire proveito do fracasso

Por conta das práticas ilegais, Jordan acabou condenado por diversos crimes, entre eles, lavagem de dinheiro. Mas uma última lição que ele deixa para nós empreendedores, é que o sucesso sempre pode ser replicado quando você tem a mentalidade certa.

Atualmente, o Lobo de Wall Street reconstruiu seu império de maneira honesta (assim acredito) e faz palestras no mundo onde ensina lições valiosas sobre vendas, persuasão, sucesso e enriquecimento.

Concluindo

Para fechar, destaco que acredito muito na construção da mentalidade como forma mais rápida obter sucesso como empreendedor, seja online ou off-line.  Então, aconselho que você absorva os aspectos positivos de alguns homens bem sucedidos, como Jordan Belfort.

Este é o caminho mais curto para construir sua vida e seu negócio. Trago minha experiência pessoal: tenho pessoas aos quais me espelho, estou sempre mergulhado em livros, assistindo vídeos, filmes e me alimentando de conhecimento o máximo que posso. Isso faz bem para mim, e acredito piamente que fará também para você.

Espero ter contribuído mais uma vez para seu crescimento pessoal e profissional. Se quiser contribuir, deixe um comentário!

Comentários

comentários