Como criar um Funil de Vendas Imparável e lucrativo para vender todos os dias

O Funil Vendas é uma metodologia que você pode utilizar para controlar as negociações e acompanhar o desenvolvimento das suas vendas online. Trata-se de algo muito importante para verificar e melhorar cada vez mais, auxiliando, assim, no crescimento e melhoria de toda sua estratégia de marketing.

Já tratei deste assunto aqui outras vezes, mas não da forma como eu vou falar hoje.

Neste artigo vou falar sobre o que é e como criar um funil de venda imparável e lucrativo para a sua empresa. Em outras palavras, vou te mostrar como você pode vender todos os dias configurando este funil com a publicidade online!

Isso te interessa, não é mesmo? Muito bem, em resumo, veja o que você vai aprender:

  • O que é um funil de vendas
  • Por que utilizar o funil de vendas
  • Como configurar um funil para vender todos os dias
  • Como escalar as vendas usando este recurso
  • Aperfeiçoando e escalando o funil de vendas para vender todos os dias

O que é um funil de venda?

Vamos começar pelo começo…

Funil de venda é um conjunto de etapas que possuem um objetivo: oferecer suporte à jornada de compra das personas de uma empresa ou organização.

Um funil deve transformar todo a jornada do comprador em algo escalável e previsível, assim facilitando as decisões que estejam relacionadas ao planejamento e aquisição dos clientes. O funil é normalmente dividido entre as áreas de marketing e vendas, sendo cada qual responsável por certas etapas.

A trajetória de compra possui o objetivo de mostrar os passos que o cliente percorre até o momento de adquirir o produto. Essa trajetória possui 4 etapas básicas:

1ª etapa

O comprador ainda não tem o conhecimento se possui um problema, ou oportunidade de negócio. O objetivo desta etapa é chamar atenção e fazer com que se interesse por um assunto e perceba que existe um problema ou uma oportunidade. Tal fase pode ser chamada de aprendizado e descoberta.

2ª etapa

Este é o momento de reconhecer o problema; o comprador deve identificar se existe um obstáculo ou oportunidade e, dependendo do caso, iniciar uma pesquisa sobre e como solucionar isso.

3ª etapa

Depois de identificar as soluções, o comprador começa a analisar todas as alternativas para solucionar o problema. É muito importante começar a atuar com um senso de urgência. De outro modo, o comprador vai até identificar uma solução para o problema, mas não agirá para ter a solução que você oferece.

4ª etapa

Esta é a decisão da compra, na qual o comprador vai comparar as opções que estão disponíveis e pesquisar sobre quais são melhores para o seu contexto. É muito importante lembrar sobre os diferenciais de cada solução.

Por que utilizar o funil de venda em seu negócio hoje?

É importante conhecer toda a trajetória da compra do cliente e as suas particularidades, pois isso permite o planejamento das etapas de vendas que qualifiquem o cliente, cubram os gaps e reduzam o ciclo de venda.

A razão da qualificação possui, como objetivo, a garantia de que você esteja agindo sobre os pontos certos e, ao mesmo tempo, garante que haja investimento nos possíveis futuros clientes corretamente.

Essa matriz é o processo como gatilhos de passagem nas etapas do funil, sendo automáticos (leads começou um trial no software) ou manuais (cheklist preenchido pelo vendedor no momento da venda). Explico isso melhor na área de membros e mostro como são fatores são determinantes para vender todos os dias. Aliás, se você não é aluno, assine aqui por apenas 1 real!

Utilizar um funil de venda proporciona que as áreas de vendas e marketing trabalhem da maneira previsível e alinhada, possibilitando mais capacidade no alcance dos seus clientes e na escalabilidade do processo.

Um funil de venda imparável é aquele que possui um processo de vendas correto, taxa de conversão gerenciável entre essas etapas e a elaboração de um forecast de novos negócios. Seu objetivo é fazer com que o fluxo de preparação e vendas nunca pare (daí vem o nome).

Como criar um funil de venda imparável para vender todos os dias

Agora que você tem o conhecimento do que é um funil de vendas e como funciona, abaixo listamos os passos que podem ajudar você no momento de criar um para o seu negócio. Veja:

#1 – Organize a jornada de compras

O primeiro passo para criar um funil de venda e é o reconhecimento da trajetória de compra relacionada às personas da empresa ou organização.

Geralmente nas primeiras vendas essa trajetória não é elaborada e, por isso, é fundamental que a pessoa responsável pelas vendas da empresa entre em contato com vários clientes para entender os seus desejos e dificuldades.

Uma dica que posso lhe dar aqui é:

Efetive esse contato mesmo quando o processo de vendas é automatizado, pois isso permitirá a identificação e otimização das etapas que nem sempre vão estar claras quando a estrutura é planejada.

No caso do setor digital, isso pode ser feito através de uma boa sequência de e-mail marketing.

#2 – Otimize o processo

Após realizar o mapeamento da trajetória de compra, agora é necessário definir os principais acontecimentos que constituem as viradas de estágio. Como, por exemplo: qual é o momento em que meu lead descobre que necessita saber como resolver um problema em que você pode solucionar?

Ele conseguirá chegar ao objetivo e resolver sozinho? Como podemos certificar que ele realmente irá atingir esse objetivo? Respondendo essas perguntas podemos perceber que teremos os acontecimentos da trajetória de compra e do processo de vendas que deverão ser os mesmos.

#3 – Determinando as etapas

A determinação das etapas do funil de venda deve ser elaborada com o intuito de dar o maior suporte possível à trajetória da compra, oferecendo o valor necessário para que o possível cliente avance no sentido de concretizar a compra.

Na realização do processo precisarão ser observados os gatilhos claros na passagem entre as etapas, fazendo com que se refiram à mesma coisa, mesmo que com abordagens segmentadas para diferentes pessoas. Assim, é possível realizar o objetivo de trazer possibilidades do funil. O funil é dividido em 4 tipos de audiência:

Visitantes

Curiosos que visitam sua página e até mesmo as pessoas que procuram uma solução específica. Esses visitantes chegam até essa fase por vários caminhos, dentro do Marketing Digital isso é chamado de fontes de tráfego.

Tenho uma aula completa gratuita no meu Canal no YouTube a qual eu ensino a gerar tráfego qualificado para seu negócio. Segue o link para você assistir…

[Aula Gratuita] Como Gerar Tráfego Qualificado para Vender Todos os Dias

Leads

quando os visitantes se tornam Leads, é o momento de determinar um relacionamento com o objetivo de fazer com que os mesmos avancem na trajetória de compra. Esse processo é chamado de nutrição de Leads que se constitui principalmente no envio automático de seus conteúdos de acordo com os interesses de cada Lead e que ofereça o melhor suporte para passar ao próximo passo;

Interessados

Depois dos Leads estiverem prontos para ser abordados e possuir um relacionamento relevante, se tornam oportunidades, ou seja, recebem uma abordagem consultiva direcionada ao entendimento da situação e reconhecimento do estágio do Lead na jornada fazendo com que o contato entre a empresa e o Lead seja eficiente e não perca todo o conhecimento que foi adquirido até esse momento pela empresa;

Clientes

Depois de realizar a primeira venda, a oportunidade se torna ação, isso significa que ao longo da trajetória o relacionamento foi eficiente e compreenderam-se os problemas do Lead. Dessa forma, a solução foi apresentada para o cliente e veio ao encontro de suas expectativas dele. Posteriormente a esta etapa, é essencial estimular o cliente a novas compras ou recomendações.

Aperfeiçoando e escalando o funil de venda

Após criar um funil de venda, é necessário pensar como fazer com que o time siga o procedimento para a conversão de novos clientes. Para conseguir isso, é recomendado dividir esse procedimento em duas partes: otimização e escala.

Otimização

depende da definição dos indicadores de performance da atividade e das taxas de conversão, ou seja, produtividade e eficiência. Gerenciando a produtividade é possível determinar qual é o nível fundamental das atividades para atingir as metas e transformar em um processo de escala;

Escala

é fundamentada em transformar as pessoas aptas a praticar as atividades que são relacionadas ao processo desenhado por meio de ferramentas de aprendizado, certificações, construção de playbooks e treinamentos.

O entendimento de como funciona e de como criar um funil de vendas é essencial para você determinar a aquisição de clientes e traçar novas estratégias que auxiliem e direcionem ao atingimento dessas metas.

O processo de criação já deve realizar um melhor entendimento sobre toda a jornada de compra e as ações para melhorar as vendas; sem esse funil, é comum não obter resultados sustentáveis e uma empresa poderá chegar à falência, justamente por causa da incapacidade de trazer novas estratégias.

Como alavancar seu funil de venda (a melhor dica deste artigo)

Uma das coisas que eu ensino na ÁREA DE MEMBROS VIP é como criar um funil imparável usando táticas de publicidade online. Em resumo, eu mostro a você que depois que se atrai e engaja o público, é hora de fazê-lo comprar de forma recorrente.

Aqui destaco que se você desprezar os passos anteriores, com todos os detalhes dados no artigo, é bem possível que você falhe nessa etapa.

Mais do que vender uma vez, é vender várias vezes. E com base nessa afirmação que eu explico o conceito de vendas múltiplas. O processo é o seguinte:

#1 – Defina um produto para pagar seu tráfego, a sua publicidade

#2 – Defina qual o produto você pode oferecer após essa primeira compra

#3 – Faça várias campanhas sequenciadas.

Tenho um artigo completo falando sobre isso, mas em suma, a coisa funciona da seguinte maneira:

Aqui na minha agência, nós dividimos o mês em quatro partes e fazemos campanhas específicas em cada fase, com objetivos diferentes:

– Na primeira parte, nós cuidamos da atração, que forma o primeiro pilar da estratégia. A ideia aqui é construir uma comunidade em torno da marca e prepará-la para comprar.

– Na segunda parte, vendemos um produto de baixo valor. Nessa fase, bem como na primeira, a compra de publicidade não para, é contínua e consistente. O objetivo é vender diariamente e ter um faturamento que pelo menos permita pagar as contas.

– Na terceira etapa, nós definimos um produto que gere lucro. Fazemos isso entre o dia 10 ao dia 20 do mês com o objetivo de gerar um bom faturamento focado em lucratividade.

– Na quarta e última parte, que fica entre o dia 30 e 10 do outro mês, nós vendemos um produto de ativação (um produto “meio termo”, nem tão caro, nem tão barato). Esse quarto produto ajuda no pagamento do próprio tráfego.

É assim que otimizamos o funil de vendas e formamos um leque de múltiplos resultados…

São 3 pilares que te ajudam a aumentar o faturamento comprando publicidade online sem gastar milhares de reais. Saiba mais aqui!

Comece a construir sua máquina de vendas online

Se você aplicar o que eu ensino aqui, vai consegui criar um sistema efetivo de vendas na internet. Para uma melhor assimilação do tema, sugiro a leitura dos seguintes conteúdos:

Se restou alguma dúvida, não hesite em entrar em contato comigo. Terei o prazer de lhe ajudar a alavancar as vendas de seu negócio digital. Interaja com um comentário e não se esqueça de compartilhar o conteúdo com os amigos nas redes sociais!

Comentários

comentários