Como Escolher sua Melhor Fonte de Tráfego

Sabe por que alguns empreendedores digitais “quebram a cara”? Porque ignoram o fato de que cada negócio fala para um público diferente. Esse é um dos princípios básicos para a aquisição de tráfego.

Você pode até criar uma estratégia perfeita, mas se não levar a mensagem para as pessoas certas, suas ações vão por água abaixo. Então, lembre-se: Na hora de obter tráfego, é preciso focar nas plataformas onde seu público está.

Vou dar um exemplo: Imagine se a Apple decidisse vender acessórios usando anúncios do Google em um blog sobre PC. Seria um desastre, não acham?  Como os gurus americanos gostam de dizer: “Não se pode vender gelo para um esquimó”.

Então…

A mesma fonte de tráfego não serve para todos.

A primeira coisa que você precisa fazer é encontrar seu mercado. Em outras palavras, descobrir que é seu público-alvo ideal. Depois é definir qual a melhor fonte de tráfego para seu site ou blog. Mas como fazer isso? Pretendo apresentar algumas respostas neste artigo!

Onde está meu público-alvo?

Isso só se descobre investindo em pesquisas. Comece pensando quem é seu comprador ideal, as pessoas que irão se interessar pelos seus produtos ou serviços.  Faça perguntas como: Qual é a idade, sexo e renda de meus potenciais clientes?

Busque os dados demográficos desse público. Canais como Twitter, Linkedin e Youtube agregam milhões de usuários, e cada um tem sua própria forma de colher dados demográficos. Use estas informações de maneira inteligente para definir sua melhor fonte de tráfego.

Levante informações mais específicas, como:

  • Quais são as preferências e hobbies?
  • Quais autoridades eles seguem?
  • Que livros costumam ler?
  • Que produtos eles usam?
  • O que pesquisam na rede?

Tudo isso pode ser usado para descobrir seu mercado e decidir qual a melhor plataforma para investir em tráfego.

Qual a melhor fonte de tráfego?

Esta é outra pergunta feita pela maioria dos empreendedores digitais (principalmente os que estão começando). Infelizmente, não existe uma fórmula pronta. Também não tenho uma ferramenta ideal que mostre o melhor canal para usar como fonte de tráfego (se você conhecer, por favor, diga para mim).

Para descobrir isso, geralmente se leva tempo, testando todos os recursos disponíveis. No entanto, com base em minha experiência de mercado, aconselho a você começar pelo Facebook Ads.

É uma plataforma de anúncios fácil de usar, as opções de segmentação são excelentes, e com o número de opções de anúncios à sua disposição, é possível encontrar seu mercado-alvo facilmente. Além do mais, trata-se da maior rede social do mundo, com aproximadamente 1,4 bilhão de usuários.

Há bastante espaço para negócios no Facebook, mas saiba que a rede não é para todos. Recentemente ele começou a reprimir alguns anúncios – como os nichos de relacionamento e perda de peso – no intuito de manter a credibilidade.

Tenho uma sacada para você aqui:

Se sua intenção é ampliar o alcance de seu conteúdo, gerar mais autoridade e “fazer mais barulho” na rede, foque nas mídias sociais. Esse é um bom caminho para testar a melhor fonte de tráfego.

O Youtube também é uma boa fonte de tráfego?

Sem dúvidas! E por isso reservei este tópico para falar sobre ele. Recentemente citei o Youtube no artigo “9 dicas infalíveis para Aumentar o Tráfego do seu Site”, onde destaquei a relevância desse canal para o marketing na internet.

Hoje, o Youtube é o segundo maior mecanismo de buscas da web, ficando atrás apenas do Google Search. Além se ser uma ótima fonte de tráfego, é também um canal onde pode você pode se posicionar e manter um contato mais profissional com sua audiência.

Os vídeos se tornam cada vez mais indispensáveis para uma boa estratégia de marketing digital. Funcionam com uma excelente ferramenta de conteúdo para atrair e reter a atenção dos usuários por mais tempo, gerando o tão desejado engajamento.

Nesse caso, comece criando um canal e elabore um cronograma de publicações. Não se esqueça de anexar o endereço de seu site e convidar as pessoas a acessarem.

“Plataformas que se valem de vídeos tem muito mais tráfego. Isso porque conteúdos multimídia tendem a captar maior atenção dos consumidores (77% a mais)”.

Leia também: O guia de como ganhar dinheiro com Youtube Ads

Não se esqueça de mensurar

Como última dica, aconselho que você meça cada um dos resultados.  Use as próprias ferramentas de tráfego, analisando relatórios do Facebook e do Google Analytics. Essa parte da estratégia é muito importante para você se certificar se suas táticas estão atingindo o público esperado, e se suas taxas de conversão estão valendo.

Caso os resultados sejam positivos, amplie os horizontes da campanha fazendo o mesmo em outros canais, claro, considerando as peculiaridades de cada plataforma. Se por acaso as métricas não estiverem agradando, identifique quais são os erros e repense as estratégias.

Fechando

Então, alguma consideração sobre estas dicas? Interaja nos comentários ou envie uma mensagem. Em trarei mais artigos sobre marketing digital para você alavancar seu negócio. Aproveitando a oportunidade, lhe convido a dar uma olhadinha em meu canal no Youtube e conferir outros temas voltados a resultados na internet!

Visitar canal!

Comentários

comentários