Como ser mais produtivo? A arte de ganhar mais dinheiro em menos tempo.

Procrastinação, como deixar de lado este vilão e ser cada vez mais produtivo

 

Você sabe o que é procrastinação? E produtividade? O que uma tem em comum com a outra? Estas são questões, de importância significativa, muito difundidas atualmente pela internet, pois podem alterar seu estilo de vida e transformar seu futuro. Positivamente, é claro.

Procrastinação é um comportamento! É “aquela” maldita mania de atrasar uma tarefa, ou até mesmo decisões. E como isso influencia em nosso dia-a-dia? Não conseguimos atingir os nosso objetivos pessoais, desenvolver nossa capacidade ou talento, tornamos pessoas frustradas e de saúde delicada.

Vários são os fatores que causam a procrastinação. Psicologicamente, dispersar demais e atrasar compromissos pode ser fruto de ansiedade ou baixo estima. E, venhamos e convenhamos, a tecnologia é uma grande aliada da procrastinação! A aba do Facebook aberta e o som do WhatsApp tocando em nossos bolsos são pequenas distrações que tiram o foco de nossa rotina.

E como alterar este quadro? Aumentando a produtividade! Produtividade é produzir mais (e melhor!) em menos tempo. A falta de produtividade pode gerar perca de dinheiro e de tempo.

Então, como se tornar mais produtivo? É simples: basta ter organização. Isso mesmo. Organização. Uma simples palavra que parece simples de adquirir, mas que várias pessoas não conseguem. Isso, porque elas não conhecem a principal ferramenta para se organizar, para se tornar mais produtivo: uma folha em branco.

A folha em branco é essencial, pois nela você passa a escrever tudo o que se tem a fazer durante o dia. À medida que você realiza as tarefas, você as risca. Ao final do dia, você anota as tarefas não realizadas no lado contrário da folha e dobra. Guarde no seu bolso. Se você transformar esta ação em rotina, verá que a dobra do papel se tornará cada vez menor.

Dá certo, pode acreditar!

E por que? Porque o ser humano é movido por recompensas! Ao listar, pela manhã, todas as tarefas a serem realizadas durante o dia, você cria um compromisso consigo mesmo. E ao riscar uma tarefa realizada, você se sente recompensado. E, por querer sentir novamente os estímulos positivos da recompensa, você continua a trabalhar para riscar os itens da sua lista diária.

Outro fator que influencia muito na sua produtividade ao listar todas as suas tarefas é que ao longo do dia, caso você comece a dispersar, é só olhar para o papel em seu bolso. Dessa maneira, você focará novamente na lista a ser cumprida.

O necessário é transformar esta simples ação em hábito. Todos os dias as listas devem ser feitas, e todos os dias, você se compromete a cumpri-las. Assim você impede a formação da procrastinação e aumenta sua produtividade.

Transformar sua vida e criar um futuro próspero nunca foi tão fácil. Só depende de você e de uma folha em branco. Comece hoje, e não deixe para o amanhã o que você pode fazer AGORA! O difícil não é começar, e sim não começar.

 Ciclo da Procrastinação

procrastinacao

Gostou deste Artigo? Quer mais dicas de produtividade? Deixe um comentário e nos fale como é seu dia, e como você pode ser cada dia mais efetivo produtivo!

REFERÊNCIAS:

  • MACHADO, Maria Aparecida de Rodrigues. “Amanhã, sem falta”: os efeitos econômicos da procrastinação. Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Curso de Ciências Econômicas. Trabalho de conclusão de graduação, 2012. Disponível em: <http://hdl.handle.net/10183/56110>. Acesso em:  13/10/2014.
  • APPEL, Zélia Malinverni; PUCCI, Viviane Rodrigues. Comportamento pessoal versus comportamento organizacional. Psicol. Am. Lat., México, n. 9, abr. 2007. Disponível em: <http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1870-350X2007000100007&lng=pt&nrm=iso>. Acesso em:  13/10/2014.
  • Costa, Marta. Procrastinação, auto-regulação e género. Dissertação de Mestrado em Psicologia – Área de Especialização em Psicologia Escolar, 2007. Disponível em: <http://hdl.handle.net/1822/6961>. Acesso em:  13/10/2014.

Comentários

comentários