7 dicas de tráfego pago que vão potencializar seu marketing digital

Você está aqui por dois possíveis motivos:

Você tem uma empresa, descobriu que estratégia de tráfego é o caminho mais curto e certeiro para gerar vendas para ele, e agora quer aprender como se faz.

Ou…

Você tem um negócio, já investe em tráfego, mas não consegue gerar resultados em vendas de maneira alguma.

Ótimo, nos dois casos você está no caminho certo.

Neste post você terá acessos a algumas técnicas para fazer a coisa acontecer em seu negócio. São 7 dicas de tráfego pago que vão impulsionar sua estratégia digital. Aqui talvez estejam os detalhes que faltavam para você definitivamente chegar aonde deseja.

O que você vai aprender neste artigo:

  • Porque o Graph Search é a melhor ferramenta para segmentação
  • Porque uma oferta verdadeira e clara é muito poderosa
  • A importância de não fazer remarketing aleatório
  • Porque você deve mudar a mensagem do anúncio para público não convertido
  • Como usar técnicas de psicologia para converter mais
  • Porque a consultoria em tráfego pago pode ser a melhor solução para você

Pronto para levar seu site a outro nível com estas dicas de tráfego pago? Então continue a leitura, aplique o que eu vou te ensinar aqui e torne-se um mestre em conversão com a publicidade online!

#1. Use o Graph Search para configurar os anúncios do Facebook Ads
graph-search

Essa é uma tática já praticada por alguns especialistas em Facebook Ads, mas desconhecida por muitos empreendedores e profissionais liberais…

O Graph Search é uma forma de usar a busca do Facebook para conhecer mais sobre o público-alvo. A partir das informações coletadas nele, é possível definir quais páginas ou interesses que se pode usar nos “Interesses Precisos” na segmentação dos anúncios.

A grande sacada dessa ferramenta é saber fazer as perguntas certas para ter acesso às páginas que o público-alvo pode curtir. Isso é poderoso para você na hora de configurar campanhas baseadas em hipersegmentação.

A verdade é que o Graph Search é uma mina de ouro para propagandas direcionadas, já que é capaz de direcionar sua pesquisa para algo mais refinado, de acordo com o perfil social do seu público. Isso te leva a um apelo mais emocional e certeiro com os anúncios.

Se você quiser saber mais sobre o assunto, vou te indicar uma aula minha gratuita onde eu ensino a explorar esse recurso com total maestria:

Aula completa gratuitamente e aprenda o passo a passo de como otimizar sua publicidade online para vender mais todos os dias.

#2. Faça uma oferta clara e verdadeira
oferta-clara

Uma estratégia baseada na verdade, é sempre poderosa”. – Flávio Augusto (Geração de Valor)

Parece um conselho básico, mas deixar a oferta a mais clara e objetiva possível não é para qualquer um.

Como você se sente quando uma empresa exagera no valor do produto que está ofertando? Nada bem, não é?

Foi isso que fez com que a Tekpix e a PoliShop não fossem mais levadas a sério como antes. Todo mundo cansou de ver aqueles vendedores na televisão exagerando na comunicação para vender a todo custo.

Quem comprou algum produto a partir dessas “mensagens agressivas”, com certeza se sentiu frustrado ao perceber que o produto não atendia às expectativas.

Pois é, o marketing se tornou uma atividade mal falada por causa de empresas duvidosas que exageram e enganam os clientes. Por isso, meu conselho é que você seja sempre ético ao criar seus anúncios, tanto para o Face Ads quanto para o AdWords .

Não é necessário exagerar, mesmo ao mencionar a dor dos seus consumidores. Ao criar suas campanhas, tome cuidado para não aumentar demais os efeitos e resultados do produto. Seja claro e verdadeiro.

#3. Considere o limite de frequência do remarketing no Google
freque%cc%82ncia-do-remarketing

Essa é para quem pratica o remarketing…

Considere o limite de frequência. Isso significa que você deve definir o número de vezes que seu anúncio será exibido em um dia, mês ou semana para o visitante segmentado. Esse conselho é para que você possa exibir sua marca e deixá-la familiar sem irritar o mercado.

Essa é uma dica de tráfego que pode salvar sua estratégia.

Claro que isso deve ser definido de acordo com o objetivo do negócio no momento. E toda campanha de publicidade online vai ter diferentes necessidades para o limite de frequência do remarketing.

Por exemplo, se você for um dono de e-commerce promovendo um cupom de descontos com tempo limitado, o anúncio, claro, deve visto com mais frequência. Mas se você é um infoprodutor desenvolvendo relacionamento e gerando novos leads, o ideal é suavizar a frequência dos anúncios os manter a longo prazo.

Procure sempre utilizar as ferramentas de Analytics para determinar as melhores opções de frequência para os objetivos dos anúncios de seu negócio. Com o tempo você vai pegando as manhas e acertando o tempo das campanhas.

#4. Mude a mensagem do anúncio para o público não convertido

Essa é outra ideia que pode fazer toda diferença nas conversões de sua campanha.

Vamos supor que você está executando uma campanha de remarketing por 1 mês e está oferecendo um desconto de 20% para os clientes de primeira compra. Depois de 10 dias, você percebe que há uma queda nos cliques do anúncio (CTR).

O que pode estar acontecendo? Bem, o mercado pode estar cansado de ver o mesmo anúncio exibido no remarketing. A ideia então é criar um novo anúncio para provocar interesse pela sua marca.

Quando isso acontecer, procure mudar tudo, desde a mensagem no CTA até a imagem aplicada no anúncio. Isso vai proporcionar uma nova visão dos consumidores para seu produto ou serviço.

O conselho, mais uma vez, é não fazer nada aleatório para que seu dinheiro não seja desperdiçado e sua campanha deixe de converter. Estratégia, planejamento, análise, teste, teste e teste são termos que você não pode abrir mão na hora de investir em publicidade online.

#5. Use o Lookalike para aumentar o alcance entre perfis parecidos
lookalike

O Lookalike permite que o Facebook encontre características em comum entre os perfis e aumente o alcance do anúncio para uma audiência semelhante. Isso é feito a partir de uma audiência customizada. Esse recurso pode ser explorado por você com alguns objetivos mais específicos.

Por exemplo, se você exportar uma lista leads qualificados, o Lookalike pode exibir os anúncios para outras pessoas que tenham características semelhantes aos contatos gerados. Se o seu anúncio tiver uma oferta irresistível, há chances grandes de você gerar mais leads qualificados a um custo consideravelmente acessível.

Outro exemplo é o caso de seu negócio estar iniciando em outro território que ainda não tem uma audiência consolidada. O Lookalike possibilita, a partir do perfil de usuário que você determinou na criação das listas customizadas, que o Facebook encontre uma audiência semelhante na nova região de atuação da empresa.

Nesse caso, quanto maior for a lista de “Audiência Personalizada”, maior a chance de sucesso com este recurso. Isso acontece porque quanto mais pessoas disponíveis houverem nas listas, maiores são as informações para o Facebook criar um público Lookalike viável.

Essa é uma dica de tráfego de ferver a cuca, não acha?

#6. Use técnicas de psicologia para converter mais com os anúncios
psicologia

No ano de 2012, o pesquisador do Facebook Adam Kramer juntamente com sua equipe realizaram um estudo demonstrando que é possível “transferir estados emocionais” às pessoas simplesmente manipulando o que elas vêem online.

Eles analisaram semanticamente os feeds de 689.003 usuários (1 a cada 2.500 na época) e manipularam o sistema por uma semana. Eles alteraram o número de comentários bons ou ruins postados. As pessoas para as quais foram mostradas menos palavras positivas acabaram escrevendo mais postagens negativas, enquanto o oposto ocorreu com as pessoas expostas a menos termos negativos.

Ou seja, os caras atuaram decisivamente no humor de quase 700 mil pessoas deliberadamente manipulando seus feeds de notícias. Em resumo, isso mostra que o conteúdo pode ser direcionado para despertar as emoções certas nas pessoas.

Tem uma frase do grande Philip Kotler que cai como uma luva aqui:

“Os profissionais de marketing  precisam identificar as ansiedades e desejos dos consumidores e, então, almejar suas mentes, corações e espíritos”.

Não basta mais tentar convencer seu público a experimentar seu produto. A grande sacada agora é conseguir chamar a atenção, conversar, interagir e se manter no subconsciente do consumidor, transformando ele em um cliente fidelizado.

Se você quer se aperfeiçoar a aprender a escolher os elementos certos para isso, sugiro que aprenda mais sobre neuromarketing e copywriting, aplicando o que aprender em seus anúncios online.

7. Contrate uma consultoria em compra de publicidade online
consultoria

As dicas até aqui estão sendo práticas, e você mesmo pode aplicá-las. No entanto, você também pode optar por contar com a ajuda de outros especialistas para alcançar os resultados esperados.

Contar com o auxílio de uma consultoria em compra de publicidade online pode ser determinante para alavancar de vez o seu negócio.

E não ache que esse tipo de serviço é só para quem tem muito dinheiro. Devido à facilidade das estratégias avançadas de marketing digital, hoje é possível recriar campanhas de sucesso nos mais diversos nichos de mercado.

Não são poucos os que consideram difícil cuidar das próprias campanhas de tráfego. Isso acontece porque a área não é estável.

É preciso ter jogo de cintura para lidar com os imprevistos e incertezas que surgem no caminho, o que não é simples para quem não tem conhecimento estratégico e técnico para planejar e controlar suas campanhas de publicidade.

Uma consultoria em compra de publicidade online é importante porque ajuda na organização do orçamento, na hora de tomar decisões certas para aquisição de novos clientes e, principalmente, ajuda a fazer anúncios certeiros, ou seja, investir menos para vender mais.

Esse tipo de serviço é ideal para você, se:

  • Você já tentou comprar publicidade online e não conseguiu
  • Você já gastou mais do que vendeu com anúncios e está completamente desiludido com o internet marketing
  • Não tem tempo disponível para fazer suas seja no Google AdWords, ou no Facebook Ads.
  • Você acha difícil cuidar das próprias campanhas.

Tenho um artigo completo falando 4 sinais que indicam que você precisa urgente de uma Consultoria em compra de publicidade online.

A última dica de tráfego pago deste artigo: mãos à obra!
mãos à obra

A verdade é que não é tão difícil converter mais com o marketing digital. Você só precisa investir nas coisas certas e trabalhar com mais afinco para descobrir o que funciona ou não. Como você viu, existem diversas sacadas que podem te ajudar a sair da “zona dos números baixos” na hora de anunciar online.

Aplique estas 7 dicas de tráfego pago hoje em sua estratégia digital e comece a gerar resultados reais em seu negócio. Faço questão de destacar que elas são vão funcionar se você estiver disposto a trabalhar com dedicação, entusiasmo e disciplina.

Se precisar de ajuda para traçar e executar a estratégia, entre em contato comigo por aqui. Terei o prazer de te indicar os melhores caminhos para fazer sua publicidade online se transformar em lucro certo e escalável. Está a fim?

Comentários

comentários