5 táticas testadas e aprovadas para vender mais com o marketing de afiliados

Você trabalha com marketing de afiliados ou está pensando em empreender através desse sistema? Este post é para você!

Não sei se você sabe, mas o marketing de afiliados representa uma das 4 frentes mais lucrativas do mercado digital. As outras 3 são infoprodução, assinaturas e serviços. A grande vantagem do modelo de afiliação é que você não precisa criar um produto ou serviço, bastando se associar a outra pessoa tenha concebido.

Você só precisa encontrar um produto que gosta ou que faça sentido para você. Daí, ao promover e vender, você ganha uma parte do lucro.

Então você fica feliz porque você ganhou uma comissão, o produtor fica feliz porque tem uma nova venda a partir de um cliente que não poderia ter normalmente, e o cliente final fica feliz porque comprou um produto que irá satisfazer uma necessidade ou desejo.

Isso é fantástico, não acha?

Pois é, fique sabendo que um número nada pequeno de empreendedores estão encontrando um mar de resultados e alcançando a liberdade financeira com programas de afiliados. Mas, não basta apenas se afiliar que as vendas irão acontecer naturalmente.

É preciso estratégia!

Se você não tiver algo bem estruturado, dificilmente chegará aos objetivos. Para te ajudar com isso, aqui estão minhas 5 táticas testadas e aprovadas para você vender mais com o marketing de afiliados. Confira!

Atenção: A quinta tática pode levar seu negócio a outro patamar!

Tática número 5 – Não faça nada sem um objetivo definido e tenha clareza das coisas

Essa não é uma tática propriamente dita, mas um conselho que vai nortear todo o resto…

É preciso definir o seu objetivo principal antes de sair executando as coisas. Qual a sua meta de negócio? O que você quer alcançar com ele? Isso precisa estar claro para você, pois só depois que você tiver tal clareza é que conseguirá alinhar os demais objetivos.

Por exemplo, o que você pretende alcançar fazendo uma campanha no Facebook Ads? Esse objetivo tem que ser bem específico, realista e alcançável. Porque o que você para alcança-lo precisam estar alinhados com seu objetivo principal.

Suponho que você já tenha entendido, mas vamos um pouco mais fundo…

Você pode ter um blog onde você compartilha posts úteis sobre como criar e acelerar um negócio online. Mas isso é muito genérico, não acha?  O empreendedor que deseja começar e alavancar uma empresa precisa realmente saber como você e o seu blog podem ajudá-lo.

Para gerar resultados satisfatórios, você deve identificar uma ou algumas áreas que você é especialista e fazer tudo girar em torno disso. Uma das minhas especializações é desenvolver campanhas de publicidade online que geram conversões e lucros escaláveis.

Veja como isso ficou mais claro.

Esse é tipo de especificação que vai te ajudar a chegar aonde deseja mais facilmente. Seja claro com seus objetivos e especializações. Estando isso bem resolvido, você pode prosseguir com as táticas para vender mais com o marketing de afiliados.

Tática número 4 – Crie posts evergreen

Se você me segue de perto, deve ter reparado que não lanço artigos pequenos, com temas rasos e imparciais. O que eu publico são posts grandes, com a média de 2 a 3 mil palavras que destrincham as estratégias que eu uso em meu próprio negócio e nos negócios de clientes.

Não faço isso à toa!

Isso parte primeiramente do meu desejo de gerar valor na vida da minha comunidade online. As pessoas que me seguem não vão acessar meu blog para consumir conteúdos medianos. Por isso eu dedico boa parte do meu tempo para produzir conteúdo de qualidade.

E parece que tenho conseguido, veja:

marketing de afiliados

marketing de afiliados

marketing de afiliados

Toda estratégia de negócio hoje, na verdade, gira em torno de algum tipo de conteúdo. E, no caso de um blog, se você quiser gerar mais resultados com o marketing de afiliados, é bom adotar o conceito de evergreen.

Um estudo de caso da MOZ tem uma definição interessante para esse tipo de postagem:

Conteúdo que tem um sucesso contínuo e sustentado e mostra que ele pode gerar tráfego, leads e vendas recorrente mesmo depois de anos após a sua publicação original.

E com base na minha experiência aqui, afirmo que esse formato é bem-sucedido porque:

  • Faz uma promessa específica.
  • As mensagens são relevantes e resolvem um problema real da persona.

E aqui vai outra sacada dentro dessa sacada:

Adote os posts com listas. Eles são ótimos para chamar a atenção das pessoas e fazê-los consumir as informações mais facilidade. Esse post contém lista no título, percebeu? Estou oferecendo 5 táticas para te ajudar a vender como afiliado. Aliás, os números ímpares são mais populares entre os leitores.

Alguns exemplos aqui do blog:

Mas é preciso estar atento: 80% das pessoas só vão clicar em seu título se ele for atrativo. Uma pequena mudança no título pode fazer a diferença de 10 para 1 se tratando de vendas e outros tipos de conversão. Por isso dedique-se na criação dos títulos/headlines.

Além disso, não basta criar um post longo que não é relevante. Aprofunde as informações sempre, pense na experiência do usuário, valorize o conteúdo ao máximo, como se você tivesse criando um produto para vender.

Use a frase abaixo como manifesto:

Conteúdo é um ativo comercial poderoso. Deixe de criá-lo ou negligencie-o e veja seu negócio andar para trás.

Faça o teste. Aposte no conteúdo evergreen e veja como seus resultados com o marketing de afiliados serão incrivelmente maiores!

Tática número 3 – Inclua vídeos em sua estratégia

Uma pesquisa realizada pela Cisco indica que, devido ao aumento da quantidade de pessoas conectadas à internet, a previsão é de que 82% do tráfego da web seja gerado por vídeos em 2020. Isso tende a ultrapassar o consumo de programas de televisão.

Um dado da eMarketer divulga que 86% dos usuários de internet brasileiros já assistem vídeos online. O consumo de vídeos no Brasil é maior do que em países como Argentina e México. Em números absolutos, isso corresponde a 65,5 milhões de pessoas.  Cara, 65,5 milhões é gente para diacho!

Isso deixa claro por que você deve adotar o vídeo em sua estratégia de marketing de afiliados? Claro que sim, não é? Pois bem, comece a pensar em como fazer isso. Uma ideia que eu te dou é iniciar um canal no YouTube e apostar também no Facebook.

Pensando em programas afiliados, é muito eficiente criar um vídeo para promover seus produtos, e isso se deve a vários motivos:

– O vídeo explica coisas visualmente. Quando as pessoas acessam seu site, canal ou página nas redes sociais, elas tendem a se conectar mais facilmente a esse formato.

– Informações em vídeo ajudam o visitante a receber informações involuntariamente. É muito mais fácil para ele permanecer em seu site porque assim ele não precisa buscar informações em texto.

– Um vídeo não serve apenas para a introdução de um produto. Ele pode ser usado como um tutorial para o cadastro e adesão de um programa de afiliados, por exemplo. Isso substitui os blocos gigantes de texto e tende a levar seu cliente até o fim.

– A propaganda em vídeo no Facebook pode promover altas conversões. Se fizer bem seu anuncio através do Facebook Ads, o vídeo será um atrativo para muitas pessoas que irão assistir, curtir, comentar e compartilhar o conteúdo.

Tática número 2 – Crie uma landing page de alta conversão

Certa vez li uma frase que achei muito interessante:

Landing page é a porta de entrada de qualquer negócio online.

Se nos atentarmos a função dessa ferramenta, veremos que essa afirmação está repleta de verdade. Afinal, é impossível tratar de conversão sem falar sobre landing page!

E apesar da internet estar cheia de materiais tratando sobre o assunto, poucos são eficientes. Por isso decidi revelar algumas das minhas melhores dicas sobre a criação de páginas que realmente convertam, para você usar com o marketing de afiliados.

Não sei se você reparou, mas ultimamente tenho tentado destrinchar os assuntos desse porte de uma maneira em dinâmica e pontual. Tenho feito muitas pesquisas e testado táticas para elevar ainda mais os meus, e consequentemente, os seus resultados. Algumas delas sobre landing pages:

#1 – Usar os 3C’s no título (headline)

O título de sua landing page precisa ser pontual e convincente, direto e atraente. Afinal é a primeira coisa que o visitante vai conferir de perto. Uma dica é se valer da técnica dos 3C’s para compor o título:

1 – Clareza;

2 – Concisão;

3 – Chamariz.

Veja os exemplos:

“E-book grátis: o guia definitivo de como criar landing pages que convertem″

“Receba consultoria grátis para o seu negócio digital”.

#2 – Explore a dor de sua persona

Como sempre destaco, é muito importante que você conheça bem suas buyer personas, suas dores, anseios e necessidades. Descubra exatamente o que elas enfrentam. A ideia é usar suas dores mais comuns como espécies de gatilhos para conectar a pessoa a mensagem da página.

#3 – Apresente a solução

Não adianta falar da dor e não mostrar a cura”

Depois que o lead se identificar ou entender que tem um problema, você precisa mostrar a ele o que seu produto pode ajudá-lo. Deixe claro que ele só terá o antídoto se praticar a ação desejada na landing page, como comprar, baixar o conteúdo, etc.

Essas são algumas dicas que podem te ajudar com as landing pages. Mais sacadas similares, você pode aprender na Área de Membros VIP. Basta assinar aqui!

Tática número 1 – Faça funis múltiplos em anúncios

Hoje, o que tem sido mais eficiente para mim e para meus clientes, é converter visitantes em leads e fazer funis múltiplos em anúncios.

Por exemplo, na semana 1, você pode trabalhar para promover o produto A. Na semana 2, o produto B, e assim por diante. Claro que eles precisam ser do mesmo nicho e sanar uma dor especifica que seu público tem. Ensino isso com mais clareza na Área de Membros Vip.

O segredo dessa estratégia é aproveitar a audiência gerada no pixel do Face Ads e na lista de e-mail marketing para vender vários produtos para o mesmo comprador. Se você fica em dúvida e isso funciona, eu te mostro dois dados:

– Segundo o site Agendor, o upselling (técnica de vender um novo produto para quem acabou de comprar) é responsável por 35% das vendas de gigantes como Amazon.com.

– Com base no princípio de Pareto, 80% das consequências são frutos de 20% das causas. Trazendo para esse contexto, podemos dizer que 80% de sua receita é oriunda de 20% dos seus clientes.

O upselling, ou upssell é uma técnica que te permite em oferecer produtos ou serviços úteis ao consumidor logo após o pagamento de um produto ou serviço inicial. Seguindo a lógica, é interessante oferecer o serviço do personal trainer logo depois do cliente efetuar o pagamento na academia.

O upssell geralmente é feito em seguida a primeira compra mesmo, mas a mesma essência pode te ajudar a criar o seu funil múltiplo de anúncios. Há vários fatores psicológicos ligados ao ato da compra, e isso é o que dá força para essa estratégia.

Mas que fique claro: para funcionar, você precisa oferecer produtos que realmente tenha ligação com o primeiro.

Dentro dessa tática, tenho três conselhos para que você crie seu funil de forma mais consistente para o marketing de afiliados:

– Reveja e amplie sua linha de produtos. É possível que você não tenha opções suficientes para oferecer aos seus clientes em potencial.

– Certifique-se de que todos os produtos que você decidiu se afiliar sejam capazes de atender aos seus clientes. Valorize sempre a qualidade.

– Tente criar um mix de produtos com variação de preço: tripware, produtos de ticket baixo, produtos de ticket médio e produtos de ticket alto. Isso vai te ajudar a criar boas ações.

Pronto para vender mais com o marketing de afiliados?

Tenho conselhos finais para você que quer ser um afiliado de resultados:

#1 – Só recomende produtos como afiliado que você tiver familiarizado. De preferência a vender produtos que você usou antes e que te ajudou a conseguir algo. Se você não se sentir confiante em relação ao produto, tenha certeza de que não vale a pena promovê-lo.

#2 – Gere valor antes de vender. Um dos objetivos do marketing de conteúdo é esse: educar os leads para que eles comprem depois. Sempre faça algo com base em algum conteúdo, crie um relacionamento, pois isso vai fazer com que suas ações de marketing de afiliados convertam muito mais.

Todas essas estratégias são comprovadas por mim, mas é preciso que você teste cada uma delas em seu negócio. Se você seguir cada uma delas poderá aumentar seu número de visitantes, sua lista de assinantes, aumentar a sua taxa de conversão e fazer vendas recorrentes.

Agora, um convite mais do que especial:

Assine a área de membros por 1 real e aprenda tudo sobre o tráfego pago de resultados. Você vai se surpreender!

Comentários

comentários