É impossível não rolar uma comparação entre a propaganda tradicional e a propaganda digital.

Quem tem contato com as duas formas de divulgar um negócio, sabe que o marketing tradicional vem perdendo força por se tratar de estratégia invasiva. Enquanto a publicidade na internet é focada em atrair o público-alvo com algo de valor.

Por isso, o marketing online é cada vez mais utilizado atualmente por negócios dos mais variados tipos e tamanhos. Mas, embora muitas empresas sejam atraídas por essa opção, nem todos entendem como o marketing digital funciona e o que faz ser tão efetivo.

Mas não tem problema, eu estou aqui para desvendar os maiores mistérios sobre o marketing digital e a publicidade online para você. Quando não, estou para mostrar que simplesmente não existe mistério algum.

O post de hoje se encaixa melhor nessa segunda opção…

Nas próximas linhas vou te mostrar porque fazer publicidade na internet é o caminho mais lucrativo e rápido para você alavancar seu negócio na internet. Acompanhe!

O contexto

Segundo pesquisas da IAB (Interactive Advertising Bureau), a publicidade na internet movimenta hoje quase R$ 10 bilhões de reais por ano. Dados divulgados pela InfoSys mostram um aumento significativo em mídias sociais justificado devido à maior flexibilidade e custo.

Para se ter ideia, a previsão é que o mercado de publicidade online seja maior do que a da tevê ainda esse ano (2017) nos Estados Unidos. Aliás, é importante saber que quem assiste televisão geralmente está usando simultaneamente um dispositivo, como smartphone ou tablet.

Estudos divulgados pela ComScore mostram que a internet é a mídia favorita dos brasileiros, sendo que 40% das pessoas passam mais de duas horas por dia acessando sites, enquanto apenas 27% passam o mesmo tempo assistindo televisão.

É nesse contexto que o Facebook entra em cena. De acordo com a própria rede social, o Brasil é o segundo país em número de usuários ativos, ou seja, que acessam diariamente, e o terceiro em número de usuários cadastrados (76 milhões).

Aqui é preciso se atentar a um ponto importante: a interatividade do brasileiro com marcas e empresas nas redes sociais. Em diversos países a média de pessoas que já curtiram uma página empresarial é de 39% a 55%, enquanto aqui o percentual chega a marca de 77%.

Por isso que quando se trata de publicidade na internet, é impossível gerar resultados sem o Facebook. É importante se atentar a isso.

Agora vamos conhecer agora as vantagens de investir em publicidade no meio digital…

Segmentação de Mercado

Segmentação é um aspecto que proporciona identificar determinados grupos de clientes, compreendendo o que cada público prefere consumir e receber. Isso é realizado através de:

#1 – Escolha dos critérios de segmentação

Os critérios que podem ser analisados para efetuar a segmentação são demográficos, geográficos, sociais, econômicos, de personalidade e estilo de vida, comportamento face a produtos e atitudes psicológicas relacionadas ao produto.

#2 – Descrição das características de cada segmento

Dados, informações e percepções sobre os segmentos específicos. Dimensão dos diferentes segmentos, permeabilidade do segmento a novos concorrentes e recursos da empresa.

#3 – Definição da política de marketing para cada segmento selecionado

No marketing tradicional, isso é feito para facilitar a distribuição de panfletos e escolher corretamente onde colocar pôsteres e cartazes. No meio digital pode ser entendido como definir onde e como fazer os anúncios.

Na publicidade online, esse processo é mais fácil que no tradicional, pois o público expõe melhor aquilo que gosta. Esse é um efeito causado pela exposição que as pessoas se colocam na internet, publicando fotos e vídeos do que estão fazendo e usando.

Também é importante focar em segmentação quando você possui um estabelecimento físico em uma única região e quer ampliar seus resultados.

Métricas exatas

Outra grande vantagem de fazer publicidade na internet é possibilidade de medir tudo o que é feito.

Imagine poder saber quantas pessoas estão vendo e reagindo aos seus anúncios. Isso é muito mais fácil no marketing digital do que no tradicional.

Quando você gerencia uma página ou perfil específico para sua empresa, as redes sociais fornecem meios de você avaliar o desempenho de seus anúncios e publicações através de gráficos.

O Google também proporciona não só o retorno dos cliques em anúncios, mas também a informação quantas pessoas estão pesquisando sobre sua marca. Com isso em mãos é possível ainda realizar uma comparação entre os números do seu produto e da concorrência.

O acesso à métricas e permite compreender melhor quais táticas de marketing deram certo e quais não funcionaram, quantos chegaram a outras páginas e o número de vendas concretizadas.

Algumas ferramentas online que você pode utilizar para efetuar as métricas de marketing são:

Google Analytics: É a ferramenta mais conhecida e usada no que diz respeito à análise de métricas. Ele é completo, simples de implementar e oferece até a opção de personalizar os relatórios, bastando criar uma conta e aplicar um código que ele te dá no seu site.

Mixpanel: Esta ferramenta tem sido cada vez mais usada por algumas das empresas mais respeitadas do mundo em seus segmentos  e foca nas ações que seus visitantes tomam em tempo real. O Mixpanel trabalha especificamente com interações de clientes em links patrocinados no Android e iOS;

Kissmetrics: O software da Kissmetrics acompanha o comportamento do usuário em websites e aplicativos móveis para identificar pontos falhos e o que precisa ser melhorado para aumentar as conversões. O Kissmetrics também ajuda a identificar falhas de segurança em bibliotecas de código aberto.

Remarketing

Remarketing é quando você realiza o marketing para um cliente que já efetuou compra de seu produto, seja para obter outro ou para adicionar outras opções na coleção do mesmo. Fazendo publicidade na internet, é possível fazer isso automaticamente e com bastante retorno.

No Google AdWords, por exemplo, os usuários que já visitaram seu site e efetuaram transações são marcados e seus anúncios passam a aparecer com mais frequência para eles.

Isso também funciona para possíveis compradores. Quando um potencial cliente verifica um produto, mas não efetua a compra, receberá anúncios do mesmo e de outras opções. Se um cliente não finaliza uma compra, o remarketing é utilizado para que o usuário finalize a transação ou escolha outro produto.

Outras plataformas que utilizam remarketing/retargeting são AdRoll, Re Targeter e FetchBack.

Fácil acesso a opiniões dos internautas (Feedback)

No mercado digital é importante ficar de olho no que o cliente tem a dizer sobre sua marca e seu produto/serviço. Com a sobre-exposição, a quantidade de reclamações e elogios é muito maior em comparação com o marketing tradicional e bem mais fáceis de ser acessadas.

Seja no seu blog, no Facebook ou no próprio Twitter, usuários sentem prazer em expor sua opinião sobre qualquer coisa e vão expor sua empresa sem arrependimento, principalmente se um erro for cometido causando a insatisfação do cliente.

É importante interagir com os clientes e mostrar que você se importa com o que eles têm a dizer. Grandes empresas contratam pessoas que especificamente realizam essa filtragem de interações.

As interações na internet também são um meio de atrair o cliente para mais ofertas e serviços, assim como resolver o problema o mais rápido possível.

Com o número de usuários de internet aumentando constantemente, deixar um problema não resolvido para lá é um risco que nenhuma empresa deve tomar, ainda mais considerando o quão rápidas as informações são alcançadas online.

O que você colhe de feedback, seja positivo ou negativo, serve como dado valioso para criar anúncios que se adequem melhor nos interesses do seu consumidor-alvo.

Apesar dessa grande vantagem, é impressionante o número de empreendedores e profissionais de marketing que não aproveitam isso para fazer publicidade na internet e elaborar outras estratégias.

Canal de comunicação e “Trending”

Considerando o que analisamos sobre as opiniões online, fica claro que um canal de comunicação na internet é fundamental para manter a fidelidade dos clientes e entender o impacto de seus anúncios.

Multinacionais costumam terceirizar esse serviço, contratando empresas de SAC/Call Center que ofereçam o serviço de atendimento por redes sociais. Se você for uma empresa pequena, pode fazer isso por si mesmo.

Deixe que clientes publiquem em sua página ou pelo menos entrem em contato com você através de um chat particular (mensagem direta). E-mail ainda é uma opção válida, porém a capacidade de responder rapidamente e distribuir links/anexos que os chats fornecem fazem com que eles sejam a preferência atualmente.

Mas é bom saber que responder apenas não basta.

Uma comunicação passiva apenas proporciona que você responda a algo que já aconteceu. A empresa precisa ter uma voz ativa e entender o que está em alta no mundo dos internautas.

Criatividade

Invista em anúncios e posts descontraídos. O Twitter é uma ótima forma de espalhar frases curtas e persuasivas, assim como humor. Anúncios que apelem para uma tendência entre os usuários que costumam acessar seu site ou interagir com você em sua página aumentam as chances de manter eles com você.

No marketing online, uma publicação não basta. É importante estar sempre ativo, por isso quanto mais criatividade e interações melhor. Esse tipo de liberdade não é possível no marketing comum, onde todo o trabalho é focado em apenas um anúncio (do mês) e o resultado dele não é coletado imediatamente.

Identifique seu mercado, analise o comportamento dos usuários, invista em um canal de comunicação e esteja sempre a par do que as pessoas gostam de ver e ler na internet. A eficiência, alcance e velocidade proporcionada pelo marketing digital prova, sem sombra de dúvidas, que ele é o melhor jeito de espalhar sua marca, fazendo-a ter bons resultados.

Passo a passo para você fazer publicidade na internet

Passo #1 – Conheça bem o seu público-alvo

Quem lida com marketing digital precisa ter conhecimento de uma série de conceitos que facilitam suas atividades e ampliam as vendas e o lucro. A buyer persona forma um desses pontos.

Quem me acompanha sabe que o foco da minha mensagem é a publicidade online. Dentro desse assunto, estou sempre ressaltando a importância de conhecer bem o público-alvo. Pois bem, isso não é possível sem um estudo detalhado da persona.

Por isso que você, empreendedor ou profissional de marketing, precisa estar por dentro desse assunto para conseguir alcançar seus objetivos no marketing digital.

A buyer persona é a simulação do seu cliente ideal.

Em outras palavras, é um perfil semifictício que representa o seu cliente-alvo. Com esse perfil em mãos, você será capaz de dar um salto nos resultados de seu negócio, pois terá base para direcionar suas estratégias de venda e publicidade online de uma maneira muito mais assertiva e eficaz.

Alguns especialistas em internet marketing chamam persona de avatar, mas a verdade é que a nomenclatura não importa muito. O que vale mesmo é a essência, que é simplesmente simular e documentar o perfil do seu comprador com base em informações reais que você tenha acesso.

Passo #2 – Mapeie sua jornada de compra (funil de vendas)

Este é outro assunto que todo empreendedor ou profissional de marketing deve compreender bem. Afinal, é através da jornada do comprador que o cliente passa desde o primeiro contato com a marca até quando ele se torna um cliente de fato.

Mas o que seria exatamente essa jornada e como eu vou usá-la em meu negócio digital?

Um dos erros notórios nas empresas dos clientes que atendo é justamente a falta de conhecimento sobre o caminho que o comprador percorre até o momento da decisão, ou seja, da venda.

Isso pode estar acontecendo com você hoje. Pode ser que você não esteja por dentro das etapas que o seu cliente passa até definitivamente comprar de você.  Por isso que uma das primeiras coisas a se saber é o caminho percorrido por um potencial cliente.

Isso pode variar de uma empresa para a outra, mas em suma, a essência é a mesma: mapear todo o processo de atração e relacionamento, desde o primeiro contato dele com sua marca até quando ele definitivamente compra de você. Se isso, sua publicidade na internet dificilmente vai ser boa.

#3 – Crie conteúdo

Uma vez conhecendo o público e mapeando o caminho que ele segue até se tornar cliente, é hora de criar conteúdo para atrai-lo, engajá-lo e educá-lo. A produção de conteúdo é o que dá sentido ao tudo o que é feito com o marketing hoje.

O conteúdo é o aspecto mais importante de seu website/blog. Ele estará presente em todas as etapas de comunicação com seus leads, desde as primeiras visitas até a fidelização e mensuração de resultados.

É por causa das informações expostas em seu conteúdo, que o cliente decide se fica ou não em sua plataforma, se entra ou não em sua lista, se vira ou não seu cliente. É por causa de um com conteúdo que a publicidade na internet funciona.

Nem sempre é suficiente levar o comprador até a página de produto. É preciso prepara-lo antes, e isso só pode ser feito através da entrega de valor por meio do conteúdo. Entende por que você não pode negligenciar esta etapa?

Seja um post com informações iniciais sobre o assunto, ou um e-book para gerar leads, é conteúdo que você deve criar.

#4 – Crie anúncios poderosos

Agora sim é hora de elaborar os melhores anúncios que você conseguir…

Esse é o ponto do assunto que eu simplesmente adoro, mas por questão e tempo, eu não vou me estender nele aqui. Decidi, na verdade te dar um apanhado de posts aqui do blog que você pode acessar para aprender a criar anúncios de alta performance:

Após captar as informações passadas através destes posts, você estará mais apto a criar anúncios que realmente geram resultados!

Comece a fazer publicidade na internet hoje mesmo

Meu objetivo com este artigo foi te mostrar como a publicidade online é importante para o seu negócio. Você pode ter um site das galáxias, um conteúdo de deixar escritores de queixo caído, um produto altamente atraente, mas se não souber anunciar nada disso, seu negócio estará fadado ao fracasso.

Alguma dúvida sobre a importância de fazer publicidade na internet? Deixe seu comentário abaixo e vamos trocar ideia sobre o assunto.


João Paulo Pereira
João Paulo Pereira

Fundador da Agência Digital FliP, Co-Fundador da Go Up! Estratégias Digitais, Fundador do Treinamento Funil de Vendas Imparável, Consultor em Marketing Digital e Funil de Vendas! Simples e que acabou de cumprir a meta de mochilão pela Europa! :)