Quer vender através do Google? Use estes modelos de título e atraia mais clientes!

Todo empreendedor tem um objetivo em comum: fazer muitas vendas. Com você não é diferente, é? Claro que não!

Fique sabendo que, nesse sentido, o Google é uma das grandes fontes. Com ele você consegue atingir esse fim, usando excelentes recursos para a sua publicidade online.

Mas surge a pergunta: Como conseguir vender através do Google?

Muitos estudiosos já se debruçaram sobre o assunto, mas no post de hoje eu vou trazer para você uma lista com ideias de títulos para você atrair mais clientes todos os dias com seus conteúdos e anúncios.

David Ogilvy, o pai da publicidade moderna, costumava dizer o seguinte:

Se você não consegue vender nada através do título, joga fora 80% do dinheiro do cliente.

Uma simples mudança no título pode fazer a diferença de 10 para 1 em vendas, isso se tratando de anúncios.

Isso nos deixa mais conscientes sobre a importância de criar títulos poderosos para a publicidade online, não é? Agora acompanhe o artigo e descubra como fazer isso!

Por que os títulos te ajudam a vender através do Google?

Bem, todos acham que basta uma grande oferta que, por encanto, os clientes começaram a se interessar e a comprar de você. Entretanto, de que adianta um bom produto e/ou serviço, se ninguém der aquele primeiro clique para acessar o seu anúncio?

Pois é…

O que seria responsável por despertar esse primeiro passo no cliente? Os títulos.

Essa é uma espécie de “carteira de identidade”, ou “credencial” de um anúncio, que faz com que seu cliente, mesmo diante de propaganda disputando sua atenção, pare e sinta que com sua proposta, pode encontrar o que necessita. Portanto, é preciso que você tenha foco total nesse aspecto.

E pode ficar tranquilo se você nunca se preocupou com isso. A seguir, eu vou lhe oferecer uma série de dicas preciosas sobre como construir títulos para anúncios que serão absolutamente sensacionais, funcionando como verdadeiros ímãs de lead e clientes.

Técnica AIDA

Vamos pensar um pouco sobre os elementos que você deve levar em conta para conseguir enfim construir aquelas chamadas matadoras.

Há uma técnica muito utilizada em diversos momentos de campanhas de marketing digital, que podemos aplicar, por analogia, para a construção de headlines que levem você a vender através do Google.

Trata-se da técnica AIDA.

Esta sigla vem do inglês e, em tradução livre seria:

  • A- Atenção;
  • I- Interesse;
  • D- Desejo;
  • A- Ação.

A AIDA é um dos maiores fundamentos do marketing e da prática da publicidade. Ele descreve as fases básicas que podem ser usadas para convencer um cliente em potencial. Um número expressivo de blogs trata sobre isso, e algumas pessoas até pensam que a técnica surgiu com marketing digital. No entanto, o conceito é muito antigo, sendo utilizado pela primeira vez em 1898, por St. Elmo Lewis.

Se você gosta de se aprofundar, o guru do marketing Philip Kotler cita o livro “The Piscologyh of Selling and Adversiting” (A psicologia da venda e publicidade), escrito pelo psicólogo Edward Strong, em 1925, como o material de origem para a técnica.

Mas Lewis já aplicava o método bem antes, tendo como base até um slogan: “Atrair atenção, manter o interesse, criar o desejo”. O termo “agir” ou “ação” foi incluído anos mais tarde.

“Ok, mas em que essa técnica vai ajudar você a criar títulos poderosos e vender pelo Google?”

Aí vai a resposta…

A AIDA é expressada como uma espécie de funil porque canaliza os sentimentos dos consumidores por meio de cada estágio do processo de comunicação em direção a uma venda. Lewis explicou bem esse conceito mostrando que ele pode ser usado para garantir que uma mensagem publicitária gere resultados:

A missão de um anúncio é ATRAIR um leitor, de modo que ele vai olhar para o anúncio e começar a lê-lo; em seguida, vai se INTERESSAR por ele e vai continuar a lê-lo; depois, para CONVENCÊ-LO (desejo), de modo que quando ele ler, ele vai acreditar. Se um anúncio publicitário contém estas três qualidades de sucesso, é um anúncio publicitário bem-sucedido.

Leve isso para sua publicidade online!

Como construir headlines e vender através do Google

Compreende o porquê de um bom título de anúncio precisar contar com esses 4 elementos? Pense bem: o que você deseja que um cliente faça por sua empresa? Essa pessoa precisa ter, primeiro de tudo, sua atenção despertada pelo que você vai apresentar; em seguida, ter interesse de acompanhar aquela oferta, depois ter desejo despertado de conhecer os detalhes; ao final, partir para a ação, a compra em si.

Mas, essas 4 etapas podem estar todas contidas em um simples título. É isso mesmo! Em meio ao oceano de conteúdo – conforme eu disse acima – o seu título precisa fazer a audiência parar para lê-lo – ou seja, atenção. Em seguida, ao ler até o fim, ter vontade de saber mais – interesse; depois, tem verdadeiro impulso de desvendar aquela chamada de impacto – desejo; e, enfim, clicar no anúncio – ação!

Os Gatilhos mentais

Já que mencionei o desejo, nada mobiliza mais esse tipo de estímulo que a emoção, não é mesmo? E a emoção está ligada à mente. Nesse caso, na hora de criar chamadas, você não pode perder de vista os poderosos gatilhos mentais!

Eles recebem esse nome porque são pequenos elementos que detonam emoções no leitor e geram impulso e interesse. Vejamos alguns dos principais para que você possa lançar mão, na hora de criar seus títulos inacreditáveis:

Gatilho da Curiosidade

Despertar curiosidade é uma arma infalível para despertar interesse, não é mesmo? Então, este é um dos principais gatilhos mentais que existem.

Como funciona?

Você faz algum mistério, ou conta alguma das vantagens da oferta, mas sem revelá-la por inteiro, é como um jogo de “esconde-esconde”, entende? Assim, a audiência ficará muito interessada em conhecer o final daquela proposta!

Exemplo

– “Você não faz ideia das vantagens que pode ter clicando aqui”

– “Vou contar a você um segredo dos maiores especialistas de marketing digital”

Gatilho da Autoridade/ Prova Social

Respeito é bom e todo mundo gosta, certo? Parece brincadeira, mas funciona muito bem no universo do marketing digital, principalmente para vender através do Google. No caso deste gatilho específico, se trata de todas as opiniões, fatos, dados e argumentos que comprovem o quanto você se destaca em um determinado argumento. Isso ajuda, e muito, a trazer o clique em seu anúncio.

Como funciona?

Exatamente como apresentamos, mostre algo que comprove que você já conquistou uma boa posição em seu mercado, como um depoimento de alguém famoso, ou um resultado muito interessante. Se você estiver iniciando no mercado, use a autoridade de outras pessoas e mostre que você se espelha naquele grande exemplo.

Exemplo

“Segundo um dos grandes princípios de Bill Gates, preparei esta oferta”

“Atingi a incrível marca de 6 dígitos em apenas 14 dias!”

Gatilho da Praticidade

Quem não gosta de ter algo bem fácil em mãos? Então, é sobre isso que se trata este gatilho mental.

Como funciona?

Sabe aquela ação que as pessoas consideram difícil? Simplifique, enumerando uma lista curtinha de passos que a pessoa terá de fazer. Isso já promove uma percepção de facilidade e desperta o interesse do consumidor para sua oferta.

Exemplo

-“Produza um grande artigo em 30 minutos”;

– “Emagreça hoje mesmo com 2 ações simples”.

Gatilho do inimigo comum

Nada gera mais impacto que a identificação. Portanto, se preocupe em se aproximar de seu público-alvo, sempre que possível. Isso gera um interesse instantâneo.

Como funciona?

Inimigo comum é exatamente isso: você mostrar para seu público que enfrenta, ou enfrentou, o mesmo problema a que você agora apresenta uma solução. Em muitos casos, a pessoa, ao se deparar com uma mensagem dessa, imediatamente pensa “Se ele pode eu também posso”.

Exemplo

– “Eu não gosto de X, assim como você”

-“Entendo como se sente, já passei por X”

– “Clique aqui e não passe pela mesma situação que eu sofri”

Gatilho da Reciprocidade

Quando você oferece algo, de cara, você ganha muito mais interesse de sua audiência, pois estarão motivados pela gratidão. Isso é reciprocidade.

Como funciona?

Você oferece algo gratuito para o seu cliente. Simples assim. Dependendo do produto e/ou serviço, pode ser uma degustação, ou seja, um uso temporário do que você oferece, para que haja contato real com o que o cliente pode vir a ter, quando comprar.

Em minhas aulas eu sempre ressalto que se você entrega conteúdos gratuitos de alto valor para seu lead, ele acaba ficando “constrangido” e decide exercitar a reciprocidade comprando de você, quando uma oferta é feita.

Por isso, valorize bastante o que você está dando. “Grátis” é uma palavra-chave.

Exemplo

– “Receba Grátis nosso e-book com os segredos de X”

– Muitos já pagaram fortunas por X, mas eu ofereço para você, sem custo, agora.”

Use mais destas palavras persuasivas

Vou compartilhar com você agora uma série de termos persuasivos que você pode e deve aplicar em suas headlines de anúncios na hora de criar campanhas para vender através do Google, e até mesmo através do Facebook Ads.

  • Como
  • Mais (Usei no título deste artigo)
  • Agora
  • Resultados
  • Novo
  • Grátis
  • Maravilhoso
  • Bônus
  • Dicas
  • Última Chance
  • Não perca
  • Surpreendente
  • Sensacional
  • Vender (Usei no título deste artigo)
  • Dinheiro
  • Lucro
  • Simples
  • Acelerar
  • Passo a Passo
  • Fácil
  • Testado
  • Aprovado
  • Comprovado
  • Especialista
  • Bomba

Além destas, “você” é um termo muito poderoso porque gera conexão. Se você deseja atingir seus objetivos com a publicidade online, sugiro que use esta palavra sem moderação.  Exemplos:

– “Você está cansado de perder dinheiro com os links patrocinados?”

– “O método testado e aprovado para você gerar mais dinheiro com a publicidade online”

3 cuidados ao criar títulos para vender através do Google

Antes de finalizar o artigo, uma ajuda extra: conheça os principais cuidados ao criar seus títulos para vender através do Google e não erre!

#1. Humanize sempre

Lembre-se sempre de que você está se relacionando com pessoas, então dê “alma” a seu texto, fazendo com que se comunique com o real interesse e dor de seu público-alvo. Não faça apenas algo pensando na forma. Conteúdo é rei, já diz essa frase famosa!

#2. Jamais minta

Fazer uma grande oferta? Ok! Com muito impacto? Ótimo! Mas nunca, jamais diga algo que você não vá cumprir em sua oferta. Esse é o tipo de ação que arranha totalmente sua imagem para o público. Cuidado! Mais vale uma oferta simples, direta e verdadeira, a uma sedutora mentira, ok? Com eu estou sempre destacando: “Uma estratégia baseada na verdade, é sempre poderosa”.

#3. Nem muito, nem pouco

Não faça nem títulos curtinhos demais, que possam ser incompreensíveis, ou longos demais, que possam cansar. Pense na justa medida e que estamos em um momento com excesso de informação e pessoas com pouco tempo para absorvê-la. ‘Somente o necessário’ é o tipo de mensagem que mais converte!

Conclusão deste artigo sobre vender através do Google com títulos de anúncios

Como eu te mostrei aqui, há toda uma ciência por trás de um bom título de anúncio. Mas isso não significa, de forma alguma, que você não conseguirá construir seus próprios títulos irresistíveis e gerar resultados com sua publicidade online.

Aplique estas dicas que você terá muito sucesso ao vender através do Google. Lembrando que o seu negócio, seu marketing, sua qualidade tem que funcionar para o seu cliente, e não para você. E por isso escrever bons títulos depende muito de como você compreende o que seu consumidor necessita e deseja.

Agora, para fechar, lanço uma pergunta decisiva:

Você gostaria de se aperfeiçoar ainda mais sobre a criação de anúncios matadores e aprender ter mais eficiência, seja para vender através do Google ou do Face Ads?

Então clique no link abaixo e esteja a par das estratégias utilizadas por mim e por outros especialistas. Como resultado do conhecimento, você irá otimizar seu processo e vai ampliar suas conversões na hora de anunciar sua empresa na internet.

Clique aqui e conheça nosso portal de Membros Vip’s. Conteúdos 100% prático para aplicar imediatamente!

Comentários

comentários